Carreira

Os sonhos se fortalecem num novo ano

O encerramento de um ciclo, seja a conclusão de um curso, uma mudança no estado civil, nossa data de aniversário ou mesmo recuperar-se de uma doença grave, geralmente nos coloca frente a oportunidades de reflexão sobre onde estamos e para onde queremos ir. Apesar de ser apenas mais um dia na dinâmica da vida, um novo ano pode representar a oportunidade que buscávamos para resgatar algum sonho ou revermos objetivos.

Para aqueles que se dispõem a planejar os passos para o novo período que se apresenta, este é o momento de firmar seus objetivos e definir metas. Mas qual a diferença entre uma coisa e outra? Basicamente, metas são objetivos identificados no tempo e quantificados numa unidade de medida.

Casos típicos de objetivos idealizados pelas pessoas no início de ano são perder peso, praticar uma atividade física, estar mais próximo dos amigos e por aí segue uma longa lista. Contudo, eles só se tornam metas quando os quantificamos no tempo. Em outras palavras, perder cinco quilos em seis meses, ir à academia três vezes por semana, reservar a agenda de almoço das quartas-feiras para encontrar um amigo a cada semana e assim por diante. Estas são metas que podem ser observadas, medidas e corrigidas ao longo do ano. Sem estas definições, os objetivos continuam perdidos no tempo e a nossa capacidade de realizá-los fica mais distante. E mesmo que tenhamos executado parte destas coisas, pode ficar a sensação de que poderia ter sido melhor.

Ao quantificar o evento e identificá-lo no tempo, de forma factível, passamos a ter como avaliar a nossa efetividade na execução dos objetivos. E é impressionante perceber como isto traz tranquilidade às pessoas ao longo do período de execução.

No caso da carreira, o processo é exatamente o mesmo. Para que eu possa seguir adiante no meu sonho de chegar a um determinado objetivo, devo estabelecer metas associadas a cada aspecto relacionado a este objetivo e seguir realizando as tarefas que suportarão o seu cumprimento.

Caso queira estabelecer um novo negócio, defina um “Plano de Negócio” com especificações claras de proposta de valor, potenciais clientes e como chegar até eles, estrutura requerida de custos, receitas esperadas, diferenciais da oferta (afinal, por qual razão comprarão o meu produto ou serviço?), fluxo de caixa do primeiro ano, investimentos requeridos, lembrando que os investimentos são diversos, do financeiro ao intelectual. E, principalmente, os indicadores de acompanhamento do plano.

Procure pesquisar todos os aspectos relacionados à sua oferta e busque o apoio de profissionais especializados na orientação sobre aspectos estratégicos, táticos e operacionais.

Há os que deixam a vida lhes levar, com diz o famoso samba. Também é válido, mas deixar a vida nos levar exige que não tenhamos desejos nem objetivos. Neste caso, sigamos a esmo e vejamos o que pode acontecer. Deve ser divertido, também.

Mas caso você tenha sonhos sobre onde estar no futuro e queira se colocar em movimento em busca destes sonhos, defina seus objetivos e busque força e coragem para promover as mudanças necessárias. Ainda não criaram nada melhor que investir em planejamento.

Busque o apoio necessário para realizar seus objetivos e tenha um bom novo ciclo!

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s